sábado, 17 de junho de 2017

Aluno gay que se recusou a sair do colo do namorado em sala de aula é expulso da escola e pode ser preso.

O aluno que aparece em um vídeo se recusando a sair do colo do namorado enquanto discute com a diretora da Escola Aida Cortez Ramalho Pereira, em Mossoró, no Rio Grande do Norte, foi expulso da do colégio e pode ser preso por calúnia.
loading...
Imagens de bate-boca foram gravadas na escola viralizaram. A diretora convocou reunião com pais echamou promotor especialista em educação, que depois de uma longa conversa, decidiram expulsar o rapaz por má conduta e indisciplina.

A diretora também disse que vai procurar uma delegacia para prestar queixa contra o aluno, já que ele a acusa de homofobia.
deo, que viralizou na pagina do Facebook do 'Passando na Hora' e já conta com mais de 126 mil visualizações e mais de 1500 comentários (veja abaixo), mostra um bate-boca entre a diretora e o aluno, chamado Ricardo Silva, de 18 anos, que é do 3º ano do ensino médio.

O vídeo foi gravado na última sexta-feira (9). Depois do ocorrido, a diretora disse que ficou "muito triste" com a situação, mas não se arrepende da forma como reagiu. “Eu faço isso com todos os alunos, pois aqui é um ambiente escolar”, afirmou Hévila.
“Eu estou aqui sentado no colo do meu namorado e a diretora quer me tirar do colo do meu namorado”, diz Ricardo. Em seguida, a diretora entra em cena e explica que está pedindo para que ele saia do colo do garoto. Sem se sentir intimidada diante da câmera do telefone celular, a diretora explica que os próprios alunos questionaram a situação. “Vieram me avisar. E do mesmo jeito que eu peço para os outros, eu te peço”, justificou Hévila.

VEJA O VÍDEO: